Sangramento Retal

E-mail Imprimir PDF

Entendendo o sangramento retal leve

O sangramento retal leve é quando se eliminam umas poucas gotas de sangue fresco (da cor vermelho brilhante) pelo reto, as cores podem aparecer na matéria fecal, no papel higiênico ou no vaso sanitário sem odor. A eliminação contínua através do reto em quantidade muito maior de sangue ou na presença de matéria fecal cuja aparência se torna da cor preta, ALQUITRANADO ou marrom, pode ser por causa de outras enfermidades que não as que aqui estamos discutindo. Chame o seu médico de imediato se você perceber essas condições de maior gravidade.

Embora existam várias causas de sangramento retal leve é muito importante que o seu médico faça uma avaliação completa e um diagnóstico precoce. O sangramento retal, leve ou não, pode ser um sintoma de câncer de cólon, um tipo de câncer que pode ser curado se houver uma detecção precoce.

Quais são as causas de um sangramento retal leve?

  1. Hemorróidas
  2. Fissuras anais
  3. Proctites (inflamação do reto)
  4. Pólipos
  5. Câncer do cólon ou do ânus
  6. Úlceras retais

O que são hemorróidas?

As hemorróidas são vasos sanguíneos inchados no ânus e reto que se congestionam pelo aumento da pressão, de maneira similar com o que ocorre com as veias varicosas nas pernas. As hemorróidas podem ser internas e se localizam dentro do ânus, ou externas localizadas embaixo da pele que esta ao redor do ânus. As hemorróidas são a causa mais freqüente de hemorragia retal leve e geralmente não se associam com dor. O sangramento causado pelas hemorróidas ocorre durante as evacuações intestinais ou pode aparecer como manchas de sangue no papel higiênico. A causa específica do sangramento das hemorróidas se desconhece; mas com freqüência parece estar relacionada com estreitamento, diarréia, estar parado ou sentado durante longos períodos, obesidade, levantar objetos pesados e gravidez. Os sintomas hemorrágicos podem ser herdados em algumas famílias e o envelhecimento também é um aspecto importante para que se façam presentes. Felizmente, essa condição tão comum não evolui para o câncer.

Como é o tratamento das hemorróidas?

O tratamento médico das hemorróidas inclui o tratamento de qualquer causa subjacente de constipação, tomar banho de assento com água morna, e aplicar um creme de venda livre ou um supositório que pode conter hidrocortizona. Se o tratamento médico falha, existe uma variedade de métodos para diminuir o tamanho ou eliminar as hemorróidas internas. Cada método varia enquanto a sua probabilidade de êxito, seus riscos associados e o tempo de recuperação. Seu médico falará com você sobre estes pontos.

  • a ligação com bandas elásticas é o procedimento ambulatório mais comum para as hemorróidas. Este se faz colocando bandas elásticas ao redor da base de uma hemorróida interna para assim interromper o fluxo de sangue. Isto faz com que a hemorróida diminua e em poucos dias tanto a hemorróida quanto a banda elástica caiam durante uma evacuação intestinal. As complicações possíveis deste método incluem dor, sangramento e infecção. Depois da ligação com a banda elástica e antes de lhe mandar para casa, o médico pode receitar medicamentos: incluindo um calmante para dor e um remédio para diminuição da matéria fecal. Chame o seu médico em seguida se notar dor forte, febre ou se o sangramento retal que você tem supera o volume equivalente a meia taça.
  • A coagulação por laser ou por meio de raios infravermelhos e a escleroterapia (injeção do medicamento diretamente dentro das hemorróidas) também são procedimentos que se realizam em ambulatórios apesar de serem menos comuns.
  • Cirurgia para remover as hemorróidas pode ser requerida em casos graves ou se os sintomas persistirem apesar de haver ligações com bandas elásticas, de fazer coagulação ou escleroterapia.

O que são fissuras anais?

As rachaduras que ocorrem na membrana do ânus são conhecidas pelo nome de fissuras anais. Esta condição com maior freqüência é por causa da constipação e da eliminação de evacuações intestinais duras, apesar de também poder ser por causa de diarréia ou inflamação do ânus. Também pode ocasionar sangramento pelo reto e as fissuras anais podem causar muita dor durante e imediatamente depois das evacuações intestinais. A maioria das fissuras se trata com êxito com remédios simples tais como suplementos com fibra, diminuidores de matéria fecal (se a constipação é a causa) e banhos de assento com água morna. O médico também pode lhe receitar um creme para aliviar o mal estar da área inflamada. Outras opções para as fissuras que não requerem medicamento para curar incluem tratamento para relaxar os músculos ao redor do ânus (esfíncter) ou cirurgia.

O que é proctite ?

Proctite é a inflamação da membrana que reveste o reto, também conhecida apenas como inflamação do reto ou inflamação retal. Pode ser causada por haver recebido terapia de radiação para vários cânceres, medicamentos, por infecções ou por uma forma circunscrita de enteropatia inflamatória. A procitite pode causar a sensação de que você não desocupou seus intestinos por completo depois de ter uma evacuação intestinal e pode produzir ânsia freqüente de defecar. Outros sintomas incluem alimentação de muco através do reto, sangramento retal e dor na área do ânus e do reto. O tratamento para proctite depende da causa. Seu médico lhe informará qual tratamento é apropriado para você.

O que são pólipos no cólon?

Os pólipos são crescimentos benignos que revestem o intestino grosso apesar de  a maioria não causar nenhum sintoma, alguns pólipos que se localizam na parte baixa do cólon podem causar sangramento retal leve. Geralmente, é importante remover estes pólipos porque alguns podem se tornar câncer de cólon se não forem tratados.

O que é o câncer de cólon?

O câncer de cólon é aquele que começa no intestino grosso. Este pode afetar tanto o homem quanto a mulher de todas as etnias e ocupa o terceiro lugar como um dos que mais ocorre nos EUA. Felizmente, é um câncer que evolui lentamente e que é curável se for feito um diagnóstico precoce. A maioria dos cânceres de cólon evolui a partir de pólipos no cólon com o passar de vários anos. Portanto, a remoção de pólipos no cólon diminui o risco do câncer de cólon. O câncer anal é mais raro, mas é curável com o diagnóstico precoce.

O que são úlceras retais?

A síndrome de ulcera retal é uma condição rara que pode afetar de modo igual aos homens e mulheres e que se associa com a constipação e esforço prolongado para defecar durante a evacuação intestinal. Nesta condição, uma área do reto, tipicamente a maneira de ulcera solitária, causa eliminação de sangue e muco do reto. O tratamento consiste em ingerir suplementos de fibra para aliviar aconstipação. Naquelas pessoas com sintomas severos pode ser necessária uma cirurgia.

Como se avalia o sangramento retal leve?

O médico pode fazer um exame visual do ânus para ver se há fissuras anais, câncer ou hemorróidas externas; ou também se pode fazer um exame interno introduzindo um dedo lubrificado para pode apalpar as anomalias na parte baixa do reto e no duto anal.

Se for indicado, o médico também pode fazer um procedimento chamado de colonoscopia. Durantes este procedimento se introduz no ânus um tubo iluminado e flexível do mesmo tamanho que o seu dedo, para examinar o cólon na sua totalidade. Antes de realizar uma colonoscopia geralmente se injetam medicamentos no seu sangue para que você sinta sono e diminuir qualquer dor. Como método alternativo, para avaliar o sangramento, o médico pode recomendar uma sigmoidoscopia flexível na qual se usa um tubo mais curto com uma câmera para examinar a parte baixa do cólon. Para examinar unicamente a parte baixa do reto e o duto anal, pode usar um anoscópio. Este tubo é curto, mais ou menos 7.6 x 10.16 cm. e se mostra muito útil quando o seu médico suspeita da presença de hemorróidas, câncer anal ou fissuras anais.

O que posso fazer para prevenir a volta do sangramento pelo reto?

  • Se esta tomando certos medicamentos tais como produtos que contém aspirina, medicamentos para artrite e anticoagulantes (substâncias para fazer que o sangue fique mais fluído) este pode aumentar o seu risco de sangramento; fale com o seu médico para determinar que outras opções tem. Assegurar-se de informar o médico se você esta tomando outros medicamentos de venda livre que possa conter aspirina.
  • Se você tem hemorróidas ou fissuras anais, aumente o consumo de fibras na sua dieta a pelo menos vinte gramas diárias para regular as suas evacuações intestinais e diminuir o esforço que tem para defecar. Algumas pessoas podem ter que tomar suplementos de fibra, de venda livre para poder ter uma regularidade intestinal.
Joomlart